FORGOT YOUR DETAILS?

1.10. Sobre o louvor e a instrumentalidade das classes

As classes de crianças e intermediários devem possuir um momento especial no culto para cantarem, de forma independente da classe dos adolescentes.

É recomendado que as classes de crianças e intermediários tenham a oportunidade de louvar ao Senhor todos os dias. Entretanto, caso não haja possibilidade das classes de crianças e intermediários e a classe de adolescentes cantarem em um mesmo culto, poderá ser feito, a critério do ministério, uma escala diária com a alternância das classes para o louvor no culto.

Os adolescentes devem ter um momento especial no culto para cantarem. Podem cantar com as demais classes.

Os adolescentes que tocam instrumentos podem fazer o acompanhamento (desde que saibam tocar), junto com os demais instrumentistas, dos hinos cantados pelas classes de crianças e adolescentes, bem como dos demais louvores cantados pela igreja (desde que seja feita escala de revezamento, definida pelo ministério).

Os adolescentes não necessitam mudar de lugar no templo para cantarem. A orientação da apostila quanto ao lugar dos adolescentes prevalece.

Os adolescentes que tocam instrumentos podem participar dos hinos cantados pelas classes (desde que saibam tocar), junto com os demais instrumentistas. Caberá ao ministério providenciar uma escala, definindo o dia em que eles devem tocar. Deve-se ter o cuidado, entretanto, para que não sejam cobrados quanto ao atendimento da escala, para que não haja constrangimento.

O microfone é utilizado no momento da oração das crianças e intermediários e não para os mesmos cantarem louvores.

Conforme consta do item “2.4. ORAÇÃO E LOUVOR NO MOMENTO DO CULTO” da apostila de “Orientações para o Ensino da Palavra às Crianças, Intermediários e Adolescentes”, Edição Agosto 2017: “O microfone é utilizado no momento da oração das crianças e intermediários e não para os mesmos cantarem hinos. Crianças, intermediários e adolescentes não fazem solo nos cultos. Eles não estão preparados para esse tipo de exposição.”

Os adolescentes não devem ser usados à frente das madrugadas, nem mesmo as madrugadas especiais do mês de março, conforme definido pela circular enviada para o mês de março de 2015 a qual define que: “Cada Igreja definirá quais os dias em que as crianças e adolescentes irão participar das madrugadas e dos cultos ao meio-dia (não dirigir as reuniões), tendo toda liberdade para orarem pelas aulas, pelos cultos e pelos convites que serão feitos.”

O item “2.4. ORAÇÃO E LOUVOR NO MOMENTO DO CULTO” da apostila de “Orientações para o Ensino da Palavra às Crianças, Intermediários e Adolescentes”, Edição Agosto 2017 oriente que: “Não há nenhuma restrição quanto aos instrumentos utilizados durante o louvor das classes de crianças, intermediários ou adolescentes. No entanto, é preciso que haja o cuidado para os instrumentos não abafarem as vozes e instrumentos deles quando cantarem. É preciso que os instrumentos sejam tocados com suavidade. As vozes das classes deverão sobressair sempre.”.

Os adolescentes e intermediários poderão trazer uma palavra nas visitas efetuadas para outros intermediários ou adolescentes. Deve-se dar liberdade para que eles apenas possam ler a Palavra, orarem, glorificarem, sem a necessidade de pregarem. Eles não devem ser constrangidos a serem usados nas visitas.

Conforme consta do item “2.4. ORAÇÃO E LOUVOR NO MOMENTO DO CULTO” da apostila de “Orientações para o Ensino da Palavra às Crianças, Intermediários e Adolescentes”, Edição Agosto 2017: “O microfone é utilizado no momento da oração das crianças e intermediários e não para os mesmos cantarem hinos. Crianças, intermediários e adolescentes não fazem solo nos cultos. Eles não estão preparados para esse tipo de exposição.”

Conforme consta do item “3.6.9. O JEJUM E A CLASSE DE ADOLESCENTES” da apostila de “Orientações para o ensino da Palavra às crianças, intermediários e adolescentes”, Edição Agosto 2017, os adolescentes estão dispensados de fazer jejuns até que sejam promovidos para a classe de jovens.

Todos os louvores da coletânea de CIA´s podem ser cantados por todas as classes. Porém, alguns cuidados devem ser tomados, pois a classe de adolescentes não se identifica com corinhos com letras muito infantis (Ex: Eu sou uma ovelhinha de Jesus (24), Sou uma criança feliz (26)). Por outro lado, os adolescentes têm preferência por louvores com mais arranjos e com letras mais maduras (Ex: Jesus voltará pra me buscar (170), Os dias estão passando (171), No princípio era o Verbo (119), Jesus é a nossa vitória (192), Jesus Cristo é o Amado (46), Onde quer que tu fores irei Jesus (23), Tu és o Cristo (61), Te suplico ó Deus (13), Assim, esses cuidados deverão ser tomados no momento da escolha do louvor a ser ensaiado pela classe de adolescentes.

TOP