FORGOT YOUR DETAILS?

ESTUDO DO MÊS

DEZEMBRO 2020

Comunicamos aos pastores e igrejas as orientações para o mês de dezembro de 2020, referentes à Escola Bíblica Dominical para as classes de crianças, intermediários e adolescentes.

Em decorrência da suspensão das reuniões presenciais das Crianças, Intermediários e Adolescentes, ocasionada pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19), as aulas serão veiculadas através do canal oficial da Igreja Cristã Maranata no YouTube, através do link: https://www.youtube.com/igrejacristamaranataoficial?gl=BR.

O tema do estudo principal do mês é: “Natal”.

As aulas têm como objetivo levar as classes a glorificarem a Deus pois um dia Jesus nasceu nos nossos corações. 

Canal Oficial da Igreja Cristã Maranata no Youtub

DIA ASSUNTO TEXTO
06/12 - 16h (YouTube) Certamente cedo venho  Apocalipse 22:20
 13/12 - 16h (YouTube) O anúncio do nascimento do Senhor Jesus  Lucas 1:30-31
20/12 - 16h (YouTube)
Louvor pelo nascimento do Senhor Jesus
Lucas 2:28-29
27/12 - 16h (YouTube) Cântico de Davi ao Rei dos reis  II Samuel 23:2-3

Para Classes de Crianças de 3 a 7 anos

Tema: Lema do ano de 2020

1ª Aula: Certamente cedo venho

“Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.” Ap 22:20

O objetivo desta aula é mostrar às classes que o lema do ano é um consolo aos nossos corações, renovando a esperança de que em breve vamos morar com Jesus na eternidade.  

Introdução

A nossa aula é sobre o Lema do ano. O lema é uma promessa ou uma orientação que Deus nos dá através de um versículo da Bíblia. E nós vivemos alegres e confiantes durante todo o ano lembrando do lema a cada dia. Devemos guardá-lo no nosso coração.

Desenvolvimento

O primeiro lema que o Senhor mostrou foi em 1992: “A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor...” Rm 13:8a. E em todos os demais anos o Senhor Deus revelou um lema para nós. 

Qual foi o lema de 2020? Vamos repetir com a tia? “Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.” Ap 22:20. Testificar é dizer algo com certeza. É o Senhor Jesus quem falou com a Sua igreja os sinais que aconteceriam, avisando que Ele em breve virá nas nuvens para nos arrebatar. 

Jesus disse: “Certamente cedo venho”. Todas as palavras ditas por Jesus são verdadeiras e Ele as cumpre, não importa quanto tempo demore. Certamente Ele virá! Pelos sinais que se cumprem todos os dias, vemos que a volta de Jesus está muito perto de acontecer. 

Quando Deus nos revelou o LEMA 2020, Ele já sabia tudo que íamos passar. Vejam bem! Em 2020 aconteceu a pandemia do novo Coronavírus. Quantas mudanças vieram, não é mesmo? Muitas pessoas tiveram que trabalhar nas suas casas. As crianças, intermediários, adolescentes, jovens e até mesmo os adultos não podiam mais frequentar as escolas. A maioria passou a assistir as aulas através do computador ou do celular. 

Muitos ficaram confusos, preocupados e perguntavam: “Por que tudo isso está acontecendo?”. Mas nós que conhecemos a Palavra de Deus, sabemos que Jesus em breve vai voltar! Os sinais da sua vinda estão se cumprindo. E um destes sinais são as doenças, as pandemias. E enquanto o Senhor Jesus não vem, Ele cuida de nós com muito amor. 

Reparem só: nós assistimos aos cultos, assistimos as aulas das classes, aula de instrumentos, através do computador ou do celular. Nada tem nos faltado!

O mundo ficou cheio de dúvidas, pois não conhece a Palavra de Deus. Mas para nós Ele disse: “Certamente, cedo venho”. Podem confiar! Você está vigilante e preparado para o grande dia que será a volta de Jesus.

Conclusão

Foi um ano diferente para todos nós, mas estamos certos de que o Senhor Jesus continuará a nos abençoar para sermos vencedores até a Sua volta. Não estamos sozinhos. O Senhor está conosco e em breve virá nos buscar. “Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.” Ap 22:20. Vamos evangelizar!

Louvores Sugeridos: Verei meu grande rei (217); Jesus voltará pra me buscar (210).

Para Classes de Intermediários e Adolescentes

Tema: Lema do ano de 2020

1ª Aula: Certamente cedo venho

“Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.” Ap 22:20

O objetivo desta aula é mostrar às classes que o lema do ano é um consolo aos nossos corações, renovando a esperança de que em breve vamos morar com Jesus na eternidade.  

Introdução

A nossa aula é sobre o Lema do ano. Mas, o que representa esse lema para nós, servos do Senhor? O lema é uma promessa ou uma orientação que Deus expressa através de um versículo da Bíblia. E nós vivemos seguros e confiantes durante todo o ano lembrando daquele lema a cada dia.

Desenvolvimento

Já faz muito tempo que o Senhor revela um lema para Sua igreja a cada novo ano que se inicia. 

O primeiro lema que o Senhor mostrou foi em 1992: “A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor...” Rm 13:8a. E em todos os demais anos o Senhor Deus revelou um lema para nós. 

Qual foi o lema de 2020? Vamos ler juntos? “Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.” Ap 22:20. 

O versículo do lema inicia dizendo: “Aquele que testifica essas coisas.”. O que é testificar? É afirmar com certeza, é comprovar. Quem é aquele que testifica essas coisas? É o Senhor Jesus. 

Quais são essas coisas que Jesus testifica? São os sinais que aconteceriam, avisando que Ele em breve virá nas nuvens com os Seus anjos para nos arrebatar. Tudo isso é um despertamento para que estejamos praticando todos os Seus ensinos, nos desviando de toda maldade e mentira.

Jesus disse: “Certamente cedo venho”. Todas as palavras ditas por Jesus são verdadeiras e Ele as cumpre, não importa quanto tempo demore. Certamente Ele virá! Pelos sinais que vemos todos dias, temos a certeza que a volta de Jesus está muito perto de acontecer. E os servos fiéis amam a Sua vinda e dizem: “Amém. Ora vem Senhor Jesus!”.

Quando olhamos para o lema de 2020, vemos que Deus, que conhece todas as coisas, já sabia tudo que aconteceria, por isso Ele nos revelou um lema que resume bem tudo que passamos neste ano. 

Vejam bem! Nós iniciamos o ano de 2020 e parecia que seria mais um ano como todos os outros. Em janeiro, todos vocês estavam de férias escolares. Em fevereiro, as aulas iniciaram. Então, começamos o mês de março e de repente tudo mudou. Veio a pandemia do novo Coronavírus. Quantas mudanças vieram com essa pandemia! Nossa vida deu uma reviravolta e tudo saiu do normal, não é mesmo?

Muitas pessoas tiveram que trabalhar nas suas casas, as crianças, intermediários, adolescentes, jovens e até mesmo os adultos não podiam mais frequentar as escolas. A maioria passou a assistir as aulas através do computador ou do celular. E vieram ordens muito difíceis: “Fiquem em casa!”; “Não fiquem perto um dos outros!”.

De repente, os cultos também não podiam mais ser presenciais nas igrejas. O que mais? Não podíamos mais abraçar, pegar na mão, visitar as pessoas nas suas casas, fazer festas com toda família e amigos. As pessoas não podiam mais se ajuntar, porque corriam o risco de adoecer, ser internadas e até morrerem. E fomos proibidos de fazer muitas coisas. 

Muitos ficaram confusos, com medo e perguntavam uns aos outros: “Por que tudo isso está acontecendo?”. O mundo ficou cheio de dúvidas, ansiedades, incertezas, sem respostas pra tudo isso, pois não conhece a Palavra de Deus. Mas nós, servos do Senhor, sabemos que um dos sinais da vinda de Jesus são as pestes, as pandemias, os vírus que adoecem as pessoas e até matam. Vivemos o “tempo do Breve”. Jesus em breve vai voltar!

Nós não estamos enganados, mas sim atentos e preparados, pois conhecemos a Palavra de Deus. “Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima” Lc 21:28.

Antes mesmo da pandemia começar, Deus revelou um período de oração 24 horas por dia para todas as nossas igrejas por 3 meses (de março a junho). Através da oração, Ele nos preparou para este momento que viria. Deus fortaleceu os nossos corações. Ele cuidou e está cuidando de nós com amor nesse período tão difícil. Nada nos faltou e nada nos faltará! 

Deus preparou para nós toda a programação online: os cultos, as aulas das classes, aulas de instrumentos... Também recebemos visitas dos irmãos e passamos a ver os irmãos através do computador ou do celular. Quem foi fiel e permanece fiel às orientações, está sendo sustentado na comunhão do Corpo, que é a Igreja de Cristo. Apesar de distantes fisicamente dos irmãos, continuamos unido em um só Espírito. Aleluia!

Conclusão

Foi um ano de muitas batalhas para todos nós. Mas nessa batalha não estamos sós. O Senhor está conosco e em breve virá nos buscar.

A pergunta do Senhor pra você hoje é: “Você está vigilante e preparado para o grande dia que será a volta de Jesus?”. É hora de estarmos vigilantes! “Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.” Ap 22:20. Vamos evangelizar!

Louvores Sugeridos: Verei meu grande rei (217); Jesus voltará pra me buscar (210).

 

Para Classes de Crianças de 3 a 7 anos

 Tema: Natal

2ª Aula: O anúncio do nascimento do Senhor Jesus

“Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus; E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.” Lc 1:30-31 

O objetivo desta aula é levar as classes a entenderem que Jesus veio a este mundo para dar salvação, vida eterna.

Introdução

Hoje vamos falar de uma data especial que é comemorada no mundo inteiro: o Natal. A palavra natal significa nascimento. Cada um de nós tem a data do seu natal ou do seu nascimento. Mas houve um nascimento que mudou o mundo inteiro: o nascimento de Jesus, o Filho de Deus.

Desenvolvimento

A Bíblia nos conta que havia uma serva de Deus chamada Maria. Ela morava em Nazaré. Certo dia, Maria recebeu uma visita muito especial: era um anjo enviado por Deus que lhe trouxe uma notícia maravilhosa, ela teria um filho que se chamaria Jesus.  

Deus cuidou de tudo e avisou também a José, noivo de Maria. Através de um sonho, um anjo lhe disse que a criança que estava sendo gerada em Maria era um milagre do Espírito Santo. Aquele menino teria um nome muito especial escolhido por Deus: JESUS, que significa SALVAÇÃO. O anjo também disse que Jesus é o único que salvaria o povo dos seus pecados. 

Quando estava perto de Maria ter o bebê, ela e José foram até a cidade de Belém. Quando chegaram, a cidade estava cheia. Não havia mais lugar para José e Maria se hospedaram. Que situação difícil, não é mesmo? Eles encontraram apenas uma estrebaria, que é o abrigo de animais. Ali Jesus nasceu. Maria pegou o bebê, enrolou em alguns panos e o deitou numa manjedoura, lugar onde se coloca alimentos para os animais.

Quando Jesus nasceu, quase todos estavam dormindo e nem perceberam que algo maravilhoso tinha acontecido. Mas havia alguns pastores que cuidavam dos seus rebanhos no campo. Um anjo do Senhor foi até eles e disse: “Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor.” Lc 2:10-11. 

Naquele mesmo instante apareceu uma multidão de anjos que cantavam: “Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens!” Lc 2:14.

O nascimento de Jesus nos traz grandes ensinos. Jesus nasceu em uma estrebaria, que não é um local limpinho. Sabiam que o coração do homem é como uma estrebaria? Ele fica sujo por causa do pecado. Mas quando cremos que Jesus é o nosso único Salvador, Ele limpa os nossos corações. 

Conclusão

Como os pastores naquele dia, vamos estar vigilantes e preparados, pois em breve Jesus virá nos buscar. Jesus precisa nascer nos nossos corações. Esse é o maior presente que podemos ganhar, pois em Jesus alcançamos salvação, vida eterna. 

Louvores Sugeridos: Na Cidade de Davi (233); Hosana ao Filho de Davi (228).

Pergunta para Crianças: Qual o nome Deus escolheu para o Seu Filho aqui neste mundo? Resposta: Jesus. “... E lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.” Mt 1:21.

Para Classes de Intermediários e Adolescentes

Tema: Natal

2ª Aula: O anúncio do nascimento do Senhor Jesus

“Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus; E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.” Lc 1:30-31 

O objetivo desta aula é levar as classes a entenderem que Jesus veio a este mundo para dar salvação, vida eterna.

Introdução

Hoje vamos falar de uma data especial que é comemorada no mundo inteiro: o Natal. Mas qual o significado dessa palavra? A palavra natal significa nascimento. 

Cada um de nós tem a data do seu natal ou do dia do seu nascimento. Mas houve um nascimento que mudou o mundo inteiro: o nascimento de Jesus, o Filho de Deus. Até mesmo o calendário mudou e os anos passaram a ser contados a partir desse nascimento. Vamos ver como tudo aconteceu?

Desenvolvimento

A Bíblia nos conta sobre Maria, uma serva fiel do Senhor. Ela morava numa cidade da Galiléia chamada Nazaré. Certo dia, Maria recebeu uma visita muito especial: era um anjo enviado por Deus para lhe fazer um anúncio maravilhoso: “Eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e chamarás o seu nome Jesus” Lc 1:31. 

Por certo, Maria ficou surpresa e até mesmo assustada. Mas como Maria era uma serva obediente a Deus, ela creu e não temeu, se dispondo a cumprir toda a vontade de Deus na sua vida. Lembrem-se sempre que as promessas de Deus se cumprem em nossas vidas se estivermos dispostos a obedecer e crer na palavra que Deus nos falou.

Deus cuidou de tudo, como Ele sempre faz e avisou também a José, noivo de Maria, o que aconteceria. Como foi esse aviso? Um anjo do Senhor visitou José em um sonho e disse que ele não precisava se preocupar, pois a criança que estava sendo gerada no ventre de Maria era um milagre, uma operação do Espírito Santo. 

O anjo ainda contou a José que aquele menino teria um nome muito especial escolhido por Deus: JESUS, que significa SALVAÇÃO. E disse o porquê daquele nome: Jesus é o único que salvaria o povo dos seus pecados. 

Certamente José ficou maravilhado com aquele sonho. Quando acordou, ele entendeu que Jesus era o Messias, o Salvador que estava sendo enviado para salvar seu povo dos pecados, conforme os profetas falaram. José era um servo fiel que guardava as profecias e esperava a vinda do Salvador. Então, ele fez tudo conforme o anjo do Senhor lhe disse e casou-se com Maria.

Quando estava perto de Maria ter o bebê, ela e José foram até a cidade de Belém, na região da Judéia. Eles tiveram que fazer essa longa viagem, pois o Imperador de Roma, César Augusto, queria saber quantas pessoas tinham nas cidades daquela região. Assim, ele deu uma ordem para todos irem até a cidade onde nasceram. Era como o censo dos nossos dias: as famílias são contadas e ao final se sabe quantas pessoas moram em cada cidade, estado e no país inteiro.

Para Adolescentes: Vejam que Deus moveu todas as coisas para que se cumprisse a profecia de Miquéias: “E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.” Mq 5:2. Valorize as promessas do Senhor sobre a sua vida. Mesmo que tudo parece impossível, Deus move todas as coisas para que as Suas promessas se cumpram na vida dos fiéis. 

Quando chegaram a Belém, a cidade estava cheia. Não havia mais lugar para José e Maria se hospedaram. Que situação difícil, não é mesmo? Imaginem como eles estavam cansados e principalmente Maria, já no final da gravidez. Eles encontraram apenas uma estrebaria, que é o abrigo de animais. E sabem o que aconteceu? Chegou o momento do nascimento do Rei dos reis! Ali Jesus nasceu.

Maria pegou o bebê, enrolou em alguns panos e o deitou numa manjedoura, lugar onde se coloca alimentos para os animais.

Quando Jesus nasceu, todos estavam dormindo e nem perceberam que algo maravilhoso tinha acontecido.  Mas havia alguns pastores que estavam no campo cuidando dos seus rebanhos na vigília da noite. Um anjo do Senhor foi até eles e lhes disse: “Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor.” Lc 2:10-11.

Naquele mesmo instante apareceu uma multidão de anjos que cantavam: “Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens!” Lc 2:14.

Imaginem que lindo, um coral de anjos cantando! Nenhum rei do mundo, por mais poderoso que fosse, teve um coral de anjos anunciando seu nascimento. Somente o Rei dos reis, o Senhor Jesus. 

O nascimento de Jesus nos traz um ensino muito especial. Assim como naquela cidade não havia lugar para Jesus nascer, hoje, no coração de muitas pessoas, também não há lugar para Jesus. As pessoas têm tempo para tantas coisas, mas não têm tempo para Jesus. Com isso, estão cada vez mais distantes de Deus.

Jesus nasceu em um lugar humilde, em uma estrebaria e ela geralmente não é um local limpinho. Sabiam que o coração do homem é como uma estrebaria? Isso mesmo! Ele fica sujo por causa do pecado. Mas quando cremos em Jesus, como único Salvador e nos arrependemos dos nossos pecados, Jesus passa a habitar em nós e limpa os nossos corações. A partir desse momento, nossas vidas são mudadas pelo poder de Deus.

Conclusão

Jesus nasceu há mais de dois mil anos. Esse foi um acontecimento maravilhoso, mas as pessoas estavam dormindo, desatentas. Assim, também está o mundo hoje em relação a Jesus. Mas, como os pastores naquele dia, vamos estar vigilantes e atentos. 

Jesus está batendo à porta de muitos corações e Ele quer salvar muitas vidas. Vamos evangelizar! Jesus é o maior presente que o homem pode ganhar. Só Ele nos traz salvação, vida eterna!

Louvores Sugeridos: Na Cidade de Davi (233); Hosana ao Filho de Davi (228).

 

 

Para Classes de Crianças de 3 a 7 anos

Tema: Natal

3ª Aula: Louvor pelo nascimento do Senhor Jesus

“Ele, então, o tomou em seus braços, e louvou a Deus, e disse: Agora, Senhor, despedes em paz o teu servo, Segundo a tua palavra; Pois já os meus olhos viram a tua salvação” Lc 2:28-29

O objetivo desta aula é levar as classes a entenderem que Jesus é digno de todo louvor, pois Ele veio a este mundo para nos dar salvação, vida eterna.

Introdução

Na aula passada aprendemos como aconteceu o nascimento do Senhor Jesus e nesta aula vamos estudar sobre dois servos que também aguardavam esse nascimento tão especial.

Desenvolvimento

Havia em Jerusalém um servo de Deus chamado Simeão. O Espírito Santo lhe revelou algo muito especial: ele não morreria antes de ver o Salvador. Aleluia! Certo dia, quando Jesus ainda era um bebê, José e Maria O levaram ao templo para ser apresentado a Deus. Naquele mesmo dia o Espírito Santo também levou Simeão ao templo. 

Simeão com muita alegria pegou Jesus em seus braços e louvou a Deus, dizendo: “Os meus olhos viram a tua salvação, a qual Deus havia preparado para todos os povos”. Simeão também disse que Jesus seria a luz que iluminaria os corações das pessoas em todo o mundo. José e Maria ficaram maravilhados com todas as palavras que ouviram.

Também estava ali no templo uma serva chamada Ana que era uma senhora bem idosa e estava sempre no templo. A sua alegria era servir a Deus em jejuns e orações, de dia e de noite. Naquele mesmo momento que Simeão falava de Jesus, Ana começou a glorificar, anunciando Jesus para todos que aguardavam a salvação.

Simeão e Ana eram cheios do Espírito Santo. Eles esperaram e  viram a promessa se cumprir em suas vidas. Glórias a Deus! Nós também, precisamos estar com nossos corações cheios do Espírito Santo e amarmos a vinda de Jesus nas nuvens para nos arrebatar. 

Vejam bem! Simeão e Ana também louvaram ao Senhor de todo coração. É importante entendermos o valor de termos Jesus em nossos corações e louvá-lo todos os dias de nossas vidas. Vamos servi-lo com orações, tendo alegria de estarmos na casa de Deus, pois ali alcançamos muitas bençãos na presença do Senhor.

Conclusão

Nestes dias de dezembro, muitos falam e comemoram o natal, mas o mais importante é conhecer Jesus, é estar atento às profecias sobre a volta de Jesus. 

Precisamos estar vigilantes como Simeão e Ana! Em breve seremos arrebatados e vamos glorificar e louvar a Jesus para todo o sempre! Maranata! O Senhor Jesus vem!

Louvores Sugeridos: A Jesus irei louvar (227); Ele virá no meio da noite (219).

Pergunta para Crianças: Quais foram os dois servos que estavam no templo e viram o Senhor Jesus sendo levado ao templo para ser apresentado? Resposta: Simeão e Ana. “Havia em Jerusalém um homem cujo nome era Simeão; e este homem era justo e temente a Deus, esperando a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele.”  “E estava ali a profetisa Ana...” Lc 2:25 e Lc 2:36a.

Para Classes de Intermediários e Adolescentes

Tema: Natal

3ª Aula: Louvor pelo nascimento do Senhor Jesus

“Ele, então, o tomou em seus braços, e louvou a Deus, e disse: Agora, Senhor, despedes em paz o teu servo, Segundo a tua palavra; Pois já os meus olhos viram a tua salvação, A qual tu preparaste perante a face de todos os povos; Luz para iluminar as nações, E para glória de teu povo Israel.” Lc 2:28-32

O objetivo desta aula é levar as classes a entenderem que Jesus é digno de todo louvor, pois Ele veio a este mundo para nos dar salvação, vida eterna.

Introdução

Na aula passada aprendemos como aconteceu o nascimento do Senhor Jesus e como é importante Jesus nascer nos nossos corações. 

Nesta aula vamos aprender sobre dois servos que também aguardavam esse nascimento tão especial e eles tiveram o privilégio de ver a Jesus. Vamos ver como isso aconteceu!

Desenvolvimento

Havia em Jerusalém um servo de Deus chamado Simeão. Ele era justo, temente a Deus e esperava o cumprimento das profecias sobre o nascimento do Salvador. O Espírito Santo lhe revelou algo muito especial: Simeão não morreria antes de ver Jesus. Aleluia!

Certo dia, quando Jesus ainda era um bebê, José e Maria O levaram ao templo para ser apresentado a Deus, conforme o costume da lei.

Naquele mesmo dia, o Espírito Santo também levou Simeão ao templo. Ali, Simeão viu Jesus e O pegou em seus braços e louvou a Deus. Ele viu a promessa do Senhor se cumprir em sua vida. E Simeão disse: “Agora, Senhor, tu podes despedir em paz o teu servo, pois os meus olhos viram a tua salvação, a qual Deus havia preparado para todos os povos”. 

Simeão também disse que Jesus seria a luz que iluminaria os corações das pessoas em todo o mundo. José e Maria ficaram maravilhados com todas as palavras que ouviram.

Também estava ali no templo uma serva chamada Ana. Ana já era uma senhora bem idosa e estava sempre no templo. A sua alegria era servir a Deus em jejuns e orações, de dia e de noite.

Naquele mesmo momento que Simeão falava de Jesus, Ana começou a glorificar a Deus, anunciando Jesus para todos que aguardavam a salvação.

Perceberam? Simeão e Ana foram servos separados por Deus para presenciarem um momento glorioso da história da humanidade: Jesus, o Salvador havia nascido. 

O que esses dois servos tinham em comum? Simeão e Ana eram cheios do Espírito Santo. Eles estavam atentos às profecias e puderam conhecer Jesus, o Salvador. Aleluia! 

Para Adolescentes: Vejam as maravilhas que a Bíblia fala sobre Simeão: “e este homem era justo e temente a Deus, esperando a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele.” Lc 2:25. E sobre Ana: “não se afastava do templo, servindo a Deus em jejuns e orações, de noite e de dia.” Lc 2:37. Que os nossos corações estejam cheios do Espírito Santo, como Ana e Simeão, pois só assim veremos Jesus no glorioso dia que Ele virá para buscar Sua igreja. 

Se você sente que seu coração não está cheio do Espírito Santo. Se você não tem desejado que Jesus venha em breve, é momento de clamar e pedir a Deus que seu coração seja como o de Simeão e Ana. Só quem tem o coração cheio, abundante do Espírito Santo é que vai ser arrebatado quando Jesus voltar.

Simeão e Ana entenderam a revelação de Deus e o tempo em que viviam. Creram na promessa que o Senhor lhes fez, sabendo que Deus era poderoso para cumpri-la.

Vejam bem! Simeão e Ana também louvaram ao Senhor de todo coração. É importante entendermos o valor de termos Jesus em nossos corações e louvá-lo todos os dias de nossas vidas. Vamos servi-lo com orações, tendo alegria de estarmos na casa de Deus, pois ali alcançamos muitas bençãos na presença do Senhor.

Conclusão

Nestes dias de dezembro, muitos falam e comemoram o natal, mas o mais importante é conhecer Jesus, é estar atento às profecias sobre a volta de Jesus. 

Precisamos estar vigilantes como Simeão e Ana! Em breve seremos arrebatados e vamos glorificar e louvar a Jesus para todo o sempre! Maranata! O Senhor Jesus vem!

Louvores Sugeridos: A Jesus irei louvar (227); Ele virá no meio da noite (219).

 

Para Classes de Crianças de 3 a 7 anos

 

Tema: Louvor ao Rei dos reis

4ª Aula:  Cântico de Davi ao Rei dos reis

“O Espírito do Senhor falou por mim, e a sua palavra esteve na minha boca. Disse o Deus de Israel, a Rocha de Israel a mim me falou: Haverá um justo que domine sobre os homens, que domine no temor de Deus.” II Sm 23:2-3

O objetivo desta aula é levar as classes a entenderem que a alegria da salvação nos leva a termos um coração cheio de gratidão e adoração a Deus. 

Introdução

Mais um ano está terminando e nossos corações estão cheios de gratidão, pois até aqui nos ajudou o Senhor. Hoje vamos falar de Davi, um servo que tinha o coração grato ao Senhor. 

Desenvolvimento

Davi era o filho mais novo de Jessé. Ele era obediente e trabalhador. Em toda a sua vida guardou a palavra do Senhor. Tinha o coração cheio de gratidão a Deus e desde pequeno aprendeu a tocar. O louvor fazia parte da sua vida. Não importava onde estivesse, Davi louvava e Deus agia, enchendo os corações de alegria. 

Davi foi usado por Deus para escrever muitos salmos, que eram cânticos de louvores a Deus. Ele era pastor de ovelhas e, certa vez, fez um cântico a Deus dizendo: “O Senhor é o meu pastor e nada me faltará.” (Sl 23). Nada tem faltado aos servos de Deus, por isso nós O louvamos de todo coração. 

Até nos momentos difíceis, Davi escrevia louvores a Deus. Não importava o que acontecia, Davi tinha no coração e nos lábios, gratidão e louvor ao Senhor que é o Todo-Poderoso. 

Por ter um coração obediente ao Senhor, Davi foi ungido por Deus para reinar em Israel. Mas ele sabia que o seu bem mais precioso era a presença de Deus no seu coração. Durante todo o seu reinado, venceu muitas batalhas. Mas a cada batalha, a cada vitória, Davi louvava a Deus, pois sabia que quem ia à frente do exército de Israel era o Senhor dos Exércitos, o Rei da Glória. 

Por isso, certa vez Davi cantou um cântico: “Quem é o Rei da Glória? O Senhor forte e poderoso na guerra... O Senhor dos Exércitos; ele é o Rei da Glória.” Sl 24:8 e 10. O Rei da Glória é Jesus! 

Até mesmo no final de sua vida Davi falou acerca de Jesus, o Rei dos reis: “Haverá um justo que domine sobre os homens, que domine no temor de Deus.” II Sm 23:3b. Jesus é o Rei dos reis, é o Senhor das nossas vidas, é o nosso único Salvador! Vamos louvá-lo de todo o nosso coração e agradá-lo acima de todas as coisas. 

Conclusão

Nós vivemos os últimos dias da igreja aqui neste mundo, pois em breve Jesus voltará! A cada dia vamos expressar ao Senhor a nossa gratidão por tudo que Ele fez por nós e vamos anunciar a vinda daquele que reinará sobre todos os povos: “Jesus, o Rei da Glória em breve voltará!”. Maranata! Ora vem, Senhor Jesus!

Louvores Sugeridos: Tenho no meu coração (47); O nome do meu Senhor (59).

Pergunta para Crianças: Apesar de ser rei, Davi engrandeceu um outro Rei em toda a sua vida. Que Rei era esse? Resposta: Jesus, o Rei da Glória. “Quem é este Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos; ele é o Rei da Glória.” Sl 24:8 e 10. 

Para Classes de Intermediários e Adolescentes

Tema: Louvor ao Rei dos reis

4ª Aula:  Cântico de Davi ao Rei dos reis

“O Espírito do Senhor falou por mim, e a sua palavra esteve na minha boca. Disse o Deus de Israel, a Rocha de Israel a mim me falou: Haverá um justo que domine sobre os homens, que domine no temor de Deus.” II Sm 23:2-3

O objetivo desta aula é levar as classes a entenderem que a alegria da salvação nos leva a termos um coração cheio de gratidão e adoração a Deus. 

Introdução

Mais um ano está terminando e nossos corações estão cheios de gratidão, pois até aqui nos ajudou o Senhor. Ele esteve conosco, nos abençoando, consolando, nos mantendo firmes em Sua presença. Mas nossa gratidão, nosso louvor é principalmente pela grande salvação que o Senhor tem nos dado. Hoje vamos falar de um servo que tinha o coração grato ao Senhor, acima de tudo, por ter o privilégio de servir a um Deus tão maravilhoso. Ele se chamava Davi.

Desenvolvimento

Davi era o filho mais novo de Jessé, que era da tribo de Judá, em Israel. Ele era filho obediente e trabalhador. Em toda a sua vida guardou os mandamentos do Senhor. Tinha o coração cheio de gratidão a Deus e desde pequeno aprendeu a tocar. O louvor fazia parte da sua vida. Não importava onde estivesse, Davi louvava e Deus operava, libertando os corações (I Sm 16:23). 

Davi foi usado por Deus para escrever muitos salmos, que eram cânticos de louvores ao Senhor. Ele era pastor de ovelhas e, certa vez, fez um cântico a Deus dizendo: “O Senhor é o meu pastor e nada me faltará.” (Sl 23). Vejam que coisa maravilhosa a comunhão que Davi tinha com Deus. Nada tem faltado aos servos de Deus, por isso nós O louvamos de todo coração.

Até nos momentos difíceis, Davi escrevia louvores a Deus. Não importava o que acontecia, ele tinha no coração e nos lábios, gratidão e louvor ao Senhor que é o Todo-Poderoso. Ele sabia que a vontade de Deus é perfeita e que o Senhor estava sempre cuidando de sua vida. 

Em alguns dos salmos, ele conta sobre as vitórias que alcançou e como se alegrava em servir a um Deus tão maravilhoso. Ele ficou conhecido como o maior salmista de Israel. “... Davi, filho de Jessé, ... o ungido do Deus de Jacó, e o suave em salmos de Israel.” II Sm 23:1.

Por ter um coração obediente ao Senhor, Davi foi ungido por Deus para reinar em Israel. Ele reinou por 40 anos (I Cr 29:26-27). Quando pensamos em um rei, logo imaginamos um lindo palácio, toda a majestade e riquezas que o cercam. Davi teve tudo isso, mas em toda a sua vida sabia que o bem mais precioso, a sua maior alegria era a presença do Senhor no seu coração. 

Durante todo o seu reinado, venceu muitas e grandes batalhas. Mas a cada batalha, a cada vitória, Davi louvava a Deus, pois sabia que quem ia à frente do exército de Israel era o Senhor dos Exércitos, o Rei da Glória. Por isso, certa vez Davi cantou um cântico: “Quem é o Rei da Glória? O Senhor forte e poderoso na guerra... Quem é este Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos; ele é o Rei da Glória.” Sl 24:8 e 10.

Quem é o Rei da Glória? O Senhor Jesus. Vejam que coisa gloriosa! Davi viveu muitos anos antes de Jesus nascer, mas Deus lhe revelou o Rei que é acima de todos os reis. 

Davi profetizou acerca de Jesus. Que maravilha! Apesar de Davi ser rei ele se encurvava diante do Rei dos reis, do Rei da Glória, do Senhor dos Exércitos! 

Até mesmo no final de sua vida Davi profetizou acerca de Jesus, o Rei dos reis. Ele disse: “Haverá um justo que domine sobre os homens, que domine no temor de Deus.” II Sm 23:3b.

De quem Davi falava? De Jesus. Só Jesus é justo e perfeito e Ele dominará sobre todos os homens. Esse é o Senhor Jesus, o Rei dos reis.

Como Davi, o louvor a Deus deve ser constante em nossos corações e lábios. Não só quando recebemos as bênçãos, mas também nos dias difíceis. Quando agimos assim, o Espírito Santo vai nos revelando Jesus a cada dia do nosso viver. Vamos tendo cada vez mais o desejo de servir a esse Jesus maravilhoso!

Neste ano enfrentamos muitas dificuldades. Não pudemos ir à escola, conviver com os irmãos, colegas, familiares. Muitos perderam seus empregos. Pessoas que conhecemos adoeceram na pandemia. Até mesmo alguns a quem amamos foram levados para estarem com o Senhor. Mas Jesus, o Rei dos reis, esteve ao nosso lado e sempre estará.

Jesus é o Rei dos reis, é o Senhor das nossas vidas, é o nosso único Salvador! Vamos louvá-lo de todo o nosso coração e agradá-lo acima de todas as coisas. O Senhor se alegra em ver crianças, intermediários e adolescentes louvando e bendizendo o Seu nome com um coração sincero, voluntário. “Quem é este Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos, ele é o Rei da Glória.” Sl 24:10.

Conclusão

Somos privilegiados! Poderíamos estar em tantos outros lugares, mas estamos na presença do Rei da Glória. Deus nos escolheu para sermos participantes do Seu reino. Que possamos entregar as nossas vidas em adoração a Ele e o nosso louvor continuará na eternidade! 

Nos últimos dias de Davi, ele louvava ao Senhor e falava acerca da vinda do Senhor Jesus. Nós vivemos os últimos dias da igreja aqui neste mundo, pois em breve Jesus voltará! A cada dia vamos expressar ao Senhor a nossa gratidão por tudo que Ele fez por nós e vamos anunciar a vinda daquele que reinará sobre todos os povos: “Jesus, o Rei da Glória em breve voltará!”.

Maranata! Ora vem, Senhor Jesus!

Louvores Sugeridos: Tenho no meu coração (47); O nome do meu Senhor (59).

 

© 2019 Instituto Bíblico Educacional Maranata. Todos os direitos reservados.

TOP